Óleo de linhaça: para que serve e como usar

por Elisangela Moraes
Óleo de linhaça: para que serve e como usar

O óleo de linhaça vem ganhando popularidade pelas suas propriedades nutricionais. Confira para que serve e como usar o óleo de linhaça.

Publicidade
Óleo de linhaça: para que serve e como usar

Outras sugestões:

 

Publicidade

O que é o óleo de linhaça?

O óleo de linhaça é um óleo extraído das sementes de linhaça. A semente é muito popular por ser uma excelente fonte de ácidos graxos como, por exemplo, ômega-3. 

Esses ácidos graxos são essenciais, pois o corpo humano não pode produzi-los sozinho, então devem ser obtidos através da alimentação.

O óleo de linhaça pode ser usado como suplemento alimentar.. Dessa forma, ajuda a  promover a saúde cardiovascular, reduzir a inflamação e melhorar a função cerebral.

Além disso, o óleo contém lignanas, que são compostos vegetais com propriedades antioxidantes.

Além do seu consumo como suplemento, seu uso em saladas, vitaminas ou outros pratos pode ser uma excelente ideia. 

No entanto, vale lembrar de não aquecê-lo muito, pois o excesso de calor pode diminuir suas propriedades.

 

Para que serve o óleo de linhaça?

O óleo de linhaça é muito utilizado devido às suas propriedades.O óleo ajuda a:

 

Diminuir o colesterol ruim

O óleo de linhaça é uma ótima fonte de ômega-3, muito conhecido por trazer benefícios à saúde cardiovascular, auxiliando na redução do colesterol ruim e melhorando a saúde do coração.

 

Propriedades Anti-inflamatórias

Os ácidos graxos presentes no óleo de linhaça têm propriedades anti-inflamatórias,  ou seja, tem o poder de reduzir a inflamação no corpo. 

A inflamação crônica está associada a vários problemas de saúde, como,por exemplo, doenças cardíacas, artrite, etc.

 

Promover a saúde cerebral

Os ômega-3 são essenciais para o desenvolvimento saudável do cérebro. 

Por isso, o consumo regular de óleo de linhaça pode ser uma boa opção, já que ele  beneficia a função cognitiva e auxilia na manutenção do órgão.

 

Ação anticancerígena

O óleo de linhaça é rico em lignanas, compostos vegetais com propriedades antioxidantes. As lignanas contém ação anticancerígena e, também, ajudam a equilibrar vários hormônios.

 

Melhorar a Saúde da Pele

Os ômega-3 podem ajudar a manter a saúde da pele, reduzindo, por exemplo, a secura e promovendo uma pele muito mais saudável.

 

Aliviar sintomas da menopausa

O uso do óleo de linhaça em mulheres na fase da menopausa pode ser uma boa ideia, pois ele é rico em lignanas, que têm efeitos semelhantes ao estrogênio.

Vale lembrar que, antes de iniciar qualquer suplemento, é importante consultar um profissional de saúde.

 

Óleo de linhaça emagrece?

O óleo de linhaça pode auxiliar no processo de emagrecimento, pois as gorduras boas presentes no óleo demoram para serem digeridas. Dessa forma, ajuda a controlar a fome em excesso durante o dia.

Além disso, por ter ação anti-inflamatória, o óleo de linhaça também pode contribuir na perda de peso.

Porém, para uma perda de peso de forma eficaz, é essencial diminuir a ingestão de calorias diárias e praticar atividades físicas com frequência.

 

Como usar

O óleo de linhaça pode ser consumido de duas formas: líquido ou em forma de cápsulas.

 

Óleo de linhaça líquido

Adicione 1 colher de sopa por dia do óleo em receitas, como, iogurtes, vitaminas, saladas ou outros alimentos que desejar.

 

Óleo de linhaça em cápsulas

A recomendação é de 1 a 2 cápsulas 2 vezes ao dia após as principais refeições. 

Vale lembrar que a quantidade do suplemento e o tempo de uso podem variar, por isso procure orientação do médico ou nutricionista.

 

Efeitos colaterais e contraindicações

O óleo de linhaça é seguro para a maioria das pessoas, porém pode causar efeitos colaterais em algumas pessoas, como: problemas digestivos (gases, inchaço e diarreia); afetar na absorção de nutrientes; causar alergias e interferir na ação de alguns medicamentos, principalmente em anticoagulantes.

O óleo é contraindicado em casos em gravidez e amamentação, pessoas com problemas hemorrágicos, indivíduos com distúrbio da tireoide e pessoas com doenças digestivas crônicas.

Post relacionados

Deixe um comentário

Dicas e Receitas no whatsapp!